Como ser Terapeuta Profissional: Acompanhante Terapêutico, Mesmo Sem Consultório e Atender On-line/Via Internet na Terapia Sem Fronteiras Tutorial Completo

Gostou? Então, compartilhe agora.

Como ser Terapeuta Profissional: Acompanhante Terapêutico, Mesmo Sem Consultório e Atender On-line/Via Internet na Terapia Sem Fronteiras (TSF) | Tutorial Completo

Nesta produção em texto, vídeo, sons e imagens (infográfico) você encontrará muitas informações para iniciar no seu processo de se tornar terapeuta, mesmo que ainda não tenha ou nunca queira ter gasto com consultório ou construção de uma instituição clínica!

Assim, agora você saberá como atender pacientes e clientes em qualquer lugar do planeta, mesmo na rua, praia, shopping, cinema, show, festas e até on-line/via Internet!

Tudo de acordo com a sistemática da “Terapia Sem Fronteiras” (TSF): o Acompanhamento Terapêutico! Além disso, você obterá, de forma gratuita, informações sobre Psicologia e Coaching.

 

Todo o conteúdo que você encontrar aqui foi criado pelo Dr. Alex Tavares. Ele é psicólogo, psicoterapeuta, mestre em Psicologia (UFRGS), professor em pós-graduação de Saúde Mental. Saiba mais sobre o autor no final deste tutorial.

 

Tutorial Como ser Terapeuta: Índice

  • O que é ser terapeuta?
  • A importância do terapeuta na cuidado à saúde e dados da OMS.
  • Diferenças entre terapeuta e psicólogo clínico.
  • Terapeuta sem fronteiras: o acompanhante terapêutico (at).
  • Atendimento on-line: terapia via internet.
  • Importância do terapeuta fazer terapia pessoal.
  • Importância do terapeuta fazer supervisão.
  • Importância do terapeuta fazer mentoria.
  • Importância do terapeuta fazer qualificação profissional.
  • Importância do terapeuta participar de eventos da sua área.
  • Considerações finais.
  • Referência bibliográfica.
  • Contato com o autor.

 

O que é ser terapeuta?

Ser terapeuta é estudar, praticar e enfrentar o desafio de atender pacientes.

É um tipo de atividade para quem gosta de cuidar do outro e de si, pois é importante investir na própria saúde para ter condições de ajudar o próximo.

O terapeuta profissional (bem qualificado) ainda é escasso na sociedade (tanto no setor público quanto no privado), principalmente tendo em vista que as doenças não param de evoluir em todo o planeta.

 

Você já está gostando desse conteúdo? Então, aposto que também vai gostar destes:

A importância do terapeuta na cuidado à saúde e dados da OMS

Conforme dados oficiais divulgados pela Organização Mundial da Saúde (OMS), há 700 milhões de pessoas que sofrem de algum doença mental no planeta.

E pior, não há terapeutas o suficiente para atender esses doentes.

 

 

A situação pode ficar ainda pior, pois o número de doentes cresce a cada hora e não há um aumento na formação de terapeuta.

Com isso, poucos terapeutas atendem muitos pacientes.

Por isso, precisamos ensinar o autocuidado e a lógica da prevenção às doenças para que o dano à população global seja muito menor ou até ausente.

 

Curso Grátis AT | Portal AT | Curso Avançado AT | CoMental | Academia Portal Dr

Diferenças entre terapeuta e psicólogo clínico

Terapeuta é qualquer pessoa que trabalhe profissionalmente para tratar ou cuidar de outra pessoa, tendo ou não formação superior.

Assim, podemos chamar de terapeuta o psicólogo clínico, o terapeuta ocupacional (to), o enfermeiro, o médico, o nutricionista, o acupunturista, o homeopata, o médico, o naturopata, o hipnólogo, o acompanhante terapêutico (at), etc.

Já o psicólogo clínico é uma pessoa (obrigatoriamente) formada na faculdade de Psicologia que tenha registro no Ministério da Educação e Cultura (MEC).

 

Formação Acadêmica do Psicólogo

Curso Grátis AT | Portal AT | Curso Avançado AT | CoMental | Academia Portal Dr

 

Além disso, ele deve ter feito estágios obrigatórios em várias áreas da Psicologia, escrito uma monografia, defendido a sua produção textual de forma oral em banca de professores avaliadores.

E, se aprovado nessa formação superior, após ter feito juramento cerimonial público, o profissional deve encaminhar o registro no Conselho de Psicologia da sua região e cadastro no órgão público da sua cidade de exercício profissional, se for prestar serviço de profissional liberal ou abrir instituição (empresa clínica).

Assim, o psicólogo clínico é um tipo de terapeuta regulado pela Lei Federal 4.119/62 e demais normas do seu país, que impõem várias exigência a ele. Já o terapeuta não necessariamente é um psicólogo clínico.

 

Lei Federal dos Atos Privativos do Psicólogo

Curso Grátis AT | Portal AT | Curso Avançado AT | CoMental | Academia Portal Dr

 

Terapeuta sem fronteiras: o acompanhante terapêutico (at)

O que é Acompanhamento Terapêutico?

De forma extremamente resumida, posso afirmar que o Acompanhamento Terapêutico (também chamado por nós de “terapia sem fronteiras – TSF”) é uma prática que usa vários espaços de circulação do paciente (ou dos pacientes).

Assim, o acompanhante terapêutico (o terapeuta sem fronteiras – tsf) é um profissional capacitado para exercer a Terapia AT.

 

Regulação legal do Acompanhamento Terapêutico

Conforme o inciso XXXIX do artigo 5 da Constituição Federal do Brasil (CF/1988) não há crime sem lei anterior que o defina, nem pena sem prévia cominação legal e no inciso XIII. No mesmo artigo, é expresso que é livre o exercício de qualquer trabalho, ofício ou profissão, atendidas as qualificações profissionais que a lei estabelecer.

Ainda neste item, é importante dizer que o Brasil foi o 1º país do mundo a reconhecer oficialmente o Acompanhamento Terapêutico de forma literal, através de norma pública.

Isso ocorreu em 12 de maio de 2014, quando o Governo do Estado do Rio Grande do Sul, através da Comissão Intergestores Bipartite/RS, da Secretaria da Saúde, aprovou a Resolução nº 233/14 – CIB/RS.

Essa norma institui, dentro da Política Estadual de Saúde Mental, o incentivo financeiro para contratação de profissional de saúde que desenvolva a função de acompanhante terapêutico (at), nas equipes de atenção básica, em unidades básicas de saúde e/ou estratégias de saúde da família.

A norma diz que o terapeuta at pode ser de nível superior ou médio. Ou seja, o acompanhante terapêutico pode ou não ter concluído faculdade de Psicologia.

Logo, para ser acompanhante terapêutico não é necessário ter formação específica em Psicologia, pois não há lei que obrigue isso. E, pelo contrário, há norma que reconhece o terapeuta de nível médio.

Por óbvio, e também conforme a norma Resolução nº 233/14 – CIB/RS, o terapeuta de nível superior trabalhar menos horas e recebe mais remuneração do que o de nível médio que trabalha no setor público. Isso também ocorre no mercado de saúde privada.

Todavia é fundamental que o terapeuta (seja ela de nível superior ou médio), no mínimo, busque formação adequada na sua terapia de interesse, supervisão focal e mantenha o seu cuidado (terapia pessoal) para prestar um serviço ético, profissional, eficaz, eficiente aos seus pacientes, em qualquer lugar de intervenção, seja ele qual for.

 

Psicólogo on-line: Como Ser Terapeuta, Sem Ser Psicóloga?

Curso AT | Curso Coaching | CoMental | Academia Portal Dr

 

A atividade do acompanhante terapêutico (o terapeuta sem fronteiras) pode ser administrada para gerar qualidade de vida, bem-estar e tratamento de doenças.

Além disso, ele auxilia (de modo fundamental) na Reforma Psiquiátrica, no efeito político (na mudança da mentalidade, ataque aos preconceitos sobre o paciente).

Logo, essa atividade não fica restrita ao consultório e tem efeitos para além do âmbito clínico, por isso, não tem fronteiras!

O AT não tem fronteiras de ação (age em qualquer lugar), de intervenção (usa várias ferramentas de trabalho) e de efeitos positivos na sociedade (clínicos, políticos, éticos, etc.).

 

→ Baixar Livro Grátis Aqui! ↵

 

Acompanhamento Terapêutico: uma definição rápida e objetiva!

Curso Grátis AT | Portal AT | Curso Avançado AT | CoMental | Academia Portal Dr

Objetivos do Acompanhamento Terapêutico?

O Acompanhamento Terapêutico tem como um dos seus objetivos fazer com que o paciente possa aumentar sua participação na tomada de atitude perante a sua vida.

O paciente pode ir exercitando outras formas de lidar consigo no/com o seu contexto e grupo social.

Essa prática, em sua modalidade clínica, mostra-se como uma forma de dar contingência às manifestações do paciente.

Além disso, em muitos casos, o AT também ajuda a família e/ou outros grupos que encontram-se em dificuldade para agir frente aos acontecimentos da vida cotidiana.

Importante frisar que o Acompanhamento Terapêutico poder ser realizado tanto na sua forma individual, quanto em grupo.

 

Portal AT: “Acompanhamento Terapêutico: terapia sem fronteiras”

Curso Grátis AT | Portal AT | Curso Avançado AT | CoMental | Academia Portal Dr

 

Onde ocorre o Acompanhamento Terapêutico?

No Acompanhamento Terapêutico, o tratamento ocorre no espaço de circulação onde o paciente encontra-se, seja ele qual for.

Ou seja, a intervenção pode ocorrer, por exemplo: na casa, na escola, no clube, no cinema, no shopping, no sítio, nas caminhadas pelas ruas, na beira da praia, na piscina, no campo, nas festas, nos shows, etc.

Nesse tipo de intervenção o sujeito é percebido como um membro ativo que juntamente com o terapeuta AT irá redesenhar o seu fazer cotidiano, desenvolvendo estratégias para modificar algumas dificuldades, além de efetivar o tratamento de determinadas patologias e realizar a prevenção de outras.

 

Acompanhamento Terapêutico: Conexão Brasil e Angola

Curso Grátis AT | Portal AT | Curso Avançado AT | CoMental | Academia Portal Dr

 

Quanto pode receber de remuneração (salário, honorários) o terapeuta que trabalha com o Acompanhamento Terapêutico?

Conforme dados da pesquisa desenvolvida pelo Site AT, a remuneração (salário, honorários) do terapeuta que trabalha com o Acompanhamento Terapêutico, na sua maioria, fica entre R$ 51,00 e R$ 100,00 por hora de atendimento clínico no Brasil.

Logo, se o terapeuta sem fronteiras (tsf) trabalhar apenas 4 horas por dia ( de segunda a sexta-feira) terá uma remuneração de R$ 4.080,00 (quatro mil e oitenta reais) a R$ 8.000,00 (oito mil reais).

Se trabalhar 8h por dia, em tese, pode receber o dobro do indicado. Ou seja, uma remuneração de R$ 16.000,00 (dezesseis mil reais).

 

 

Quem pode se beneficiar do Acompanhamento Terapêutico?

No início da sua história, nos primórdios da Reforma Psiquiátrica (anos 1950), o Acompanhamento Terapêutico era utilizado, quase que exclusivamente, para tratamento de pacientes em crise psicótica.

Mas, felizmente, hoje o AT é indicado para qualquer pessoa que precise de uma companhia especializada fora do consultório, hospital, clínica ou outra instituição.

Conforme nossa experiência clínica, é muito variada a população que vem se beneficiando dessa prática.

Como exemplo, podemos mencionar: idosos, crianças, sujeitos com algum tipo de fobia (social, medo de dirigir), pessoas com esquizofrenia, autismo, depressão, pânico, crises de ansiedade, acidentados, entre outros.

 

Acompanhamento Terapêutico: funções e nomes da clínica de rua

Curso Grátis AT | Portal AT | Curso Avançado AT | CoMental | Academia Portal Dr

 

Atendimento On-line: Terapia Via Internet, Psicologia On-line, Atendimento Psicológico a Distância e Psicoterapia Via Internet

Agora vamos abordar o atendimento on-line, uma forma de cuidado, de terapia via internet. Cada vez mais vem sendo utilizada também a Psicologia on-line, o atendimento psicológico a distância e a psicoterapia via internet.

 

O Que é Psicologia On-line?

A Psicologia on-line é uma forma de cuidado que utiliza métodos e técnicas de geração de bem-estar.

As intervenções são pautadas em critérios científicos.

Além disso, a ação do psicólogo on-line deve ser breve, pontual, informativa, de forma “não presencial”.

 

Psicólogo On-line: Definição de Psicologia On-line Com Base Na Resolução do CFP

Livro Grátis Psicologia On-line | Curso Coaching | CoMental | Academia Portal Dr

 

Dicas de celulares 5 estrelas para facilitar o atendimento on-line com a melhor qualidade de contato virtual.

 

O Que é Psicoterapia On-line?

A psicoterapia on-line (ou psicoterapia pela internet) é uma espécie de terapia realizada a distância. Ou seja, é uma forma de tratamento de doenças.

Ela usa as tecnologias de comunicação, como, por exemplo, e-mail, chat, mensagem instantânea , áudio ou videoconferência.

Essa intervenção não exclui a possibilidade de encontros presenciais.

A psicoterapia on-line é muito utilizada nos EUA, Inglaterra, Japão, Portugal.

 

Psicólogo On-line: Perfil dos Pacientes em Psicologia On-line

Livro Grátis Psicologia On-line | Curso Coaching | CoMental | Academia Portal Dr

 

Dicas de tablets para quem quer atender on-line de qualquer lugar.

Regulamentação da Psicologia On-line e da Psicoterapia Via Internet

No Brasil, o Conselho Federal de Psicologia (CFP) regulamentou, pela primeira vez, o atendimento psicoterapêutico mediado por computador e os serviços psicológicos mediados por computador (SPMC) em 25 de setembro de 2000, através da Resolução CFP nº 3 de 2000.

Conforme a Resolução nº 11 de 2012 do CFP, a Psicoterapia on-line só pode ser utilizada pelo psicólogo brasileiro em pesquisa científica.

Ou seja, apesar dos vários resultados positivos de todas as pesquisas nacionais e internacionais, a psicoterapia on-line ainda não pode ser comercializada no Brasil.

 

Psicólogo On-line: Diferenças entre Psicologia On-line e Psicoterapia Via Internet

Livro Grátis Psicologia On-line | Curso Coaching | CoMental | Academia Portal Dr

 

Terapeuta On-line: Computador e Tablet Para Atender Via Internet

Mais dados desse computador Dell.

 

Dicas de notebook para atendimento on-line.

 

A Oferta de Psicoterapia On-line no Planeta

Em vários países, como Portugal, EUA, Canadá, Japão… a psicoterapia on-line é utilizada para tratamento de depressão, pânico, crises de ansiedade e várias outras patologias.

A Psicoterapia on-line tem apoio da Associação Americana de Psicologia (APA). Além disso, é defendida pelos Conselhos e Ordens de Psicologia.

 

Dicas de computadores de mesa para atender via internet.

Psicólogo On-line: O Atendimento em Psicologia On-line

Livro Grátis Psicologia On-line | Curso Coaching | CoMental | Academia Portal Dr

 

Psicólogo On-line: Área de Membros 24h da Psicologia On-line

→ http://psicologia-on-line.club.hotmart.com

 

Saiba muito mais sobre os atendimentos a distância no livro Psicologia on-line, com vídeos, área de membros, jogos virtuais (Quiz) e sons/mp3.

 

Baixar parte do livro Psicologia On-line grátis!

 

Importância do terapeuta fazer terapia pessoal

Todo o terapeuta também deve cuidar da sua saúde para ter condições emocionais, físicas, comportamentais, cognitivas para ajudar os outros, os seus pacientes. Por isso, é muito importante que ele busque meios de se manter saudável.

Há muitos terapeutas que não se cuidam e acabam desenvolvendo doenças, algumas muito graves e sem cura.

Por isso, indicamos aos nossos alunos que façam terapia, prevenção e práticas de autocuidado para que consigam manter a qualidade dos seus atendimentos e o seu bem-estar cotidiano.

 

Importância do terapeuta fazer supervisão

A supervisão é um encontro presencial ou on-line onde o terapeuta pode contar com a ajuda de um profissional mais experiente que se dedicará totalmente ao caso em foco.

Assim, as sessões de supervisão são focadas na demanda do terapeuta supervisionando e nos possíveis caminhos (com táticas e estratégias avançadas) para gerar soluções adequadas ao caso concreto, a situação de vida do paciente.

 

Terapeuta com sofrimento: o medo do novo trabalho e do estágio clínico

Supervisão com o psicólogo Alex Tavares.

 

Importância do terapeuta fazer mentoria

A mentoria são sessões de conversa (presencial ou on-line) que têm como foco ajudar o mentorando (ou mentorado) a conquistar os seus objetivos profissionais de forma mais efetiva, com menos gasto de tempo, energia e dinheiro.

A mentoria é uma ferramenta que ajuda o profissional a conhecer ainda mais o seu mercado de trabalho e as formas adequadas de interagir com ele.

O mentor é uma pessoa capacitada, com muita experiência no assunto, e que fornece estratégias para o mentorando realizar ações certeiras dentro do seu negócio.

Ou seja, há evolução rápida, sem precisar cometer os erros que a maioria dos outros profissionais já cometeram. Principalmente, evitando perder tempo, dinheiro e energia.

Em resumo, o mentorando recebe conselhos, orientações profissionais do seu mentor (profissional extremamente experiente) com a finalidade de chegar a um novo patamar, um nível muito mais elevado na carreira profissional, e, às vezes, até na sua vida pessoal (isso ocorre, pois alguns mentores também são psicólogos).

Saiba mais sobre mentoria para terapeutas aqui.

 

Importância do terapeuta fazer qualificação profissional: manter-se atualizado

Em virtude do mercado sofrer várias alterações a cada dia e das pesquisas sobre doenças encontrar novas formas de gerar tratamentos, o terapeuta deve se manter atualizado com a sua qualificação profissional.

Há milhares de grupos de pesquisas clínicas desenvolvendo trabalhos científicos a toda hora, testando eficácia, eficiência, duração, formas de aprimoramento de cada terapêutica.

Além disso, há grupos que pesquisam o diagnóstico e a evolução de doenças nas cidades, países e no mundo de uma forma geral.

Por isso, é fundamental que o terapeuta invista na sua qualificação. Assim, ele poderá manter-se atualizado com os recursos mais recentes da sua área de atuação.

Com isso, o terapeuta prestará serviços mais adequados aos seus pacientes, gerando ainda mais saúde e, por óbvio, ele terá mais demanda de trabalho (mais remuneração).

O inverso, como você pode refletir… segue exatamente a mesma (infeliz) lógica.

 

Importância do terapeuta participar de eventos da sua área

Eventos são uma grande oportunidade de o terapeuta aprender novas tecnologias na sua área de atuação profissional.

Além disso, nestes congressos, jornadas, workshop, etc. o terapeuta pode fazer o seu network, a sua rede de contatos profissionais. Com isso, terá mais profissionais capacitados para indicar e receberá mais indicações de pacientes (demanda de trabalho).

Assim, a participação em eventos é uma forma de, no mínimo, gerar a ampliação da vida profissional do terapeuta.

Veja uma lista de eventos aqui.

 

Considerações Finais: Como ser Terapeuta Acompanhante Terapêutico Mesmo Sem Consultório e Atender On-line/Via Internet na Terapia Sem Fronteiras (TSF)

Ao final dessa produção sobre como ser terapeuta, acompanhante terapêutico, mesmo sem consultório e até atender On-line/Via Internet na Terapia Sem Fronteiras (TSF), quero deixar claro que ser terapeuta exige energia, tempo, dedicação… grande investimento pessoal e profissional!

Por isso, se você quer ser terapeuta é melhor que, no mínimo, goste de cuidar de outras pessoas e da sua saúde também!

Na dúvida, comece investindo na sua terapia pessoal e/ou no seu desenvolvimento pessoal, para identificar se esse caminho tem relação com o seu propósito de vida.

Se você quiser saber mais (de forma gratuita) sobre desenvolvimento pessoal (com saúde e ciência), pode baixar um livro completo e ver um vídeo comigo aqui.

Espero que essa produção, no mínimo, tenha despertado a sua vontade de saber mais sobre as formas de terapia e de evolução pessoal e profissional.

Se você tiver alguns segundos, tente escrever os seus comentários aqui na nossa página!

Muito obrigado, mesmo, pelo seu tempo, energia e atenção nessa produção!

Atenciosamente…

Alex Sandro Tavares da Silva

http://alextavares.com.br

http://youtube.com/alextavares

 

O psicólogo Alex Tavares é psicoterapeuta, mestre em Psicologia (UFRGS), menção honrosa pelo Conselho Regional de Psicologia (CRPRS). Além disso, é autor de livros e artigos publicados em livros, revistas e periódicos nacionais e internacionais. Desde 2005, tem autorização do Conselho Federal de Psicologia do Brasil (CFP) para prestar a Psicologia On-Line. Autor do primeiro livro de Psicologia on-line do Brasil e primeiro livro digital do planeta sobre atendimento via internet com área de membros 24 horas, vídeos, sons (mp3) e jogos virtuais (Quiz). Criador do 1º “Congresso On-line de Saúde Mental” do planeta. Coordenador do primeiro cursos de Acompanhamento Terapêutico via internet do planeta. Professor da Academia Portal Dr: desenvolvimento pessoal com saúde e ciência. Ele também foi locutor, produtor e programador da Rádio Ipanema FM, Rádio da UFRGS, participou da Rádio Band FM, da TV Bandeirantes, da Rádio da UNISINOS e tem Canal de Psicologia, saúde e desenvolvimento pessoal no YouTube.

 

Referência bibliográfica

  • TAVARES, Alex (org.). Acompanhamento Terapêutico: terapia sem fronteiras. Porto Alegre: Editora Portal Dr, 2017. 328p.
  • TAVARES, Alex. Psicologia on-line: na defesa de intervenções eficazes, sem fronteiras e com tecnologias inclusivas. Porto Alegre: Editora Portal Dr, 2017. 231p.
  • TAVARES, Alex (org.). E-Book AT: Conexões clínicas no Acompanhamento Terapêutico. Porto Alegre: Edição do autor, 2012. 394p.

 

Formulário de contato 24h on-line com o psicólogo Alex Tavares:

 

 

5 (100%) 112 votes

Agora é a sua vez! Mostre o que você pensa!

%d blogueiros gostam disto: